Persona: o que é e como criar uma para sua empresa?

Além de criar boas estratégias de marketing digital, é importante que sua empresa saiba direcioná-las para o público correto a fim de garantir os melhores resultados para o seu negócio.

Persona - Reallink Digital

Não sabe como direcionar seu marketing para as pessoas certas? Então você precisa criar uma buyer persona para sua empresa.

Neste artigo, explicaremos melhor o que é uma buyer persona, quais são as diferenças entre persona e público-alvo e 3 passos para criar a persona de sua empresa. Confira:

O que é Buyer Persona?

Buyer persona, ou simplesmente persona, é a representação do cliente ideal do seu negócio. Ela é criada com base em dados reais sobre seus clientes, como as preferências pessoais, hábitos de consumo, características comportamentais e informações demográficas .

É importante que sua persona seja o mais real possível. Por isso ela também deve possuir uma história de vida, sonhos, dores, objetivos, preocupações, crenças e influências.

O primeiro passo para criar uma persona é identificar características em comum entre seus clientes e potenciais clientes. Conhecer seu público-alvo é fundamental para criar o perfil de consumidor ideal do seu negócio.

Vale ressaltar, porém, que persona e público-alvo são conceitos diferentes.

Persona x Público-Alvo: qual é a diferença?

O público-alvo não se refere a alguém em específico, são pessoas que consomem ou podem querer consumir seus produtos ou serviços. 

Já a persona, como dissemos, é a representação fictícia de um ser real que possui o perfil de cliente ideal de sua empresa.

Veja os exemplos:

Público-alvo: Jovens adultos, de ambos os sexos, entre 17 e 20 anos, com ensino médio completo, que residem na região Sudeste e pretendem fazer um intercâmbio antes de ingressar no ensino superior.

Persona: João Lucas tem 18 anos, acabou de se formar no ensino médio. Mora em São Paulo com seus pais e suas duas irmãs mais novas. Sonha em fazer engenharia civil, mas antes gostaria de fazer um intercâmbio para a Inglaterra com o objetivo de melhorar seu inglês.

A persona possui diversas caracteristicas que a tornam menos rasa do que o público-alvo e pensar em estratégias de marketing que possam atingí-la faz toda a diferença para o seu negócio.

Como criar uma persona?

Agora que você já sabe o que é uma persona e como diferencia-la do conceito de público-alvo, é preciso aprender a criar uma persona que represente seu cliente ideal.

Para isso, separamos 3 passos que podem te ajudar na criação de sua buyer persona:

1. Reúna informações sobre seus clientes

Criar uma persona não é uma tarefa fácil, mas se você possui uma base de clientes, metade do caminho já foi concluído.

Crie um roteiro com perguntas que você considera importante para conceber seu cliente ideal e te auxiliar na hora de conseguir as informações necessárias.

Entre essas perguntas não esqueça de incluir:

  • Grau de escolaridade;
  • Cargo e rotina de trabalho;
  • Objetivos;
  • Sonhos;
  • Dores;
  • Redes sociais mais utilizadas;
  • Hábitos de compra;
  • Hobbies.

Depois disso, entre em contato com os clientes e converse com eles, buscando reunir o máximo de informações possível.

2. Analise e cruze os dados

Depois de entrevistar seus clientes, analise todas as informações recebidas e localize quais são as características que os entrevistados possuem em comum.

Quais são as suas dores? Quais hábitos de consumo são parecidos? Que profissões se assemelham?

Reunir todos os dados comuns aos clientes é fundamental para concluir o terceiro e último passo: a criação da persona.

3. Construa sua persona

Aqui as coisas começam a tomar uma forma mais concreta.

Coloque no papel tudo aquilo que irá compor a persona. O mais importante é conseguir enxergá-la como um ser real. 

Por isso, quando estiver criando seu nome e idade e descrevendo todas as suas características, pense nela como alguém que irá te acompanhar nas redes sociais, consumir seu conteúdo e comprar seus produtos ou serviços.

Se você achar que a persona possui qualidades muito segmentadas, crie mais um ou dois perfis de consumidor ideal. Só tome cuidado para não exagerar e acabar tornando suas personas muito genéricas.

Esperamos que esse artigo tenha tornado o conceito de persona mais claro para você. Utilize todo o conhecimento que você absorveu, o conceito de persona, suas diferenças em relação ao conceito de público-alvo e o passo a passo, para criar a buyer persona de sua empresa.

Para mais conteúdos como esse, acompanhe nosso blog e nos siga no Instagram e no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *