E-commerce: como se preparar para o futuro do comércio eletrônico

A pandemia do Covid-19 mudou os hábitos do mundo todo. Mudamos o jeito de trabalharmos, de nos relacionarmos e também de consumirmos. Se antes havia o pensamento de que fazer vendas de forma exclusivamente online era um futuro distante, a crise pandêmica mostrou que este futuro está mais próximo do que se imaginava . Em 2020, no Brasil, as vendas online cresceram 47% no primeiro semestre, em relação ao ano anterior.

A pandemia também mostrou que muitos empreendedores não estavam preparados para o comércio eletrônico. Muitos negócios tiveram dificuldades em se adaptar à nova realidade por não possuírem uma estratégia de e-commerce consolidada.

Porém, investir no comércio eletrônico não pode mais ser visto como uma opção, mas sim como uma necessidade. O e-commerce vem mudando os hábitos de consumo há muito tempo e o futuro reserva ainda mais mudanças. E é preciso estar preparado para elas.

A mais marcante, sem dúvidas, foi a mudança na jornada de compras que o consumidor percorre. Se antes ela acontecia de forma linear: o cliente precisava comprar algo; ia até a loja; escolhia a opção que o vendedor apresentasse como a mais atrativa e fechava a compra, agora a jornada de compras se tornou um ciclo.

Quando se trata de um comércio eletrônico, o consumidor passa pelos seguintes estágios em sua jornada de compra:

  • Consciência: O consumidor sabe que há um problema, mas ainda não tem certeza de qual é;
  • Consideração: O consumidor está ciente de seu problema e considera as melhores opções para resolvê-lo;
  • Compra: O comprador adquire o produto ou serviço que irá suprir suas necessidades;
  • Pós venda: O comprador está testando o produto e vendo como a empresa se comporta depois da venda;
  • Advocacia: Se as etapas anteriores tiverem sido bem executadas, o cliente irá se encantar pela marca e a divulgará espontaneamente.

Este novo ciclo é onde a maioria das empresas têm falhado ao tentar ingressar no mundo do e-commerce. Sem as estratégias e as ferramentas corretas não há como se preparar para o futuro do comércio eletrônico.

É preciso estabelecer estratégias de marketing para atrair os consumidores em todos os estágios da jornada de compra. Se algo cativar os clientes, coloque em perspectiva. É necessário acompanhar as tendências do mercado para ficar por dentro do que virá no futuro.

Para estar preparado, você também precisa das ferramentas certas e a Reallink Digital, empresa de marketing digital que já atua há mais de 20 anos no mercado, pode te ajudar.

Na Reallink desenvolvemos lojas virtuais para que sua empresa possa se inserir no mercado eletrônico. Além disso, criamos sites e landing pages, elaboramos estratégias de e-mail marketing e inbound marketing, gerenciamos conteúdo, aplicamos técnicas de otimização de sites e muito mais. Tudo isso para garantir que você tenha a melhor página e o melhor marketing para seu e-commerce.

É hora de abandonar o passado e começar a viver o presente. E, com a Reallink, se preparar para o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *